Vem mais chuva por aí: no Pará o volume chegou a prejudicar as estradas

chuva pasto

Grandes volumes de chuvas prejudicaram as condições das estradas e o escoamento da safra de grãos pelos portos do Norte do país, bem como o transporte do gado para abate.

Choveu bastante na primeira metade deste mês, principalmente nas regiões Norte e Centro-oeste do país.

No norte de Mato Grosso, Rondônia, Acre e Pará, além do Tocantins e Goiás, os volumes chegaram a 150-200 milímetros no acumulado até o dia 14, conforme apresentado na figura 1.

Figura 1
Volume de chuvas no Brasil em março/2019 (até o dia 13), em milímetros.

Fonte: INMET | CPETEC Agritempo

Observe que em algumas áreas do Pará choveu até 300-350 milímetros no mesmo período. Nessas localidades houve prejuízos às estradas, comprometendo o transporte da safra de grãos que vem da região Centro-oeste para ser embarcada nos portos da região Norte, bem como o transporte de bovinos para abate.

O volume acumulado na primeira quinzena de março foi próximo do total previsto para todo o mês no estado, conforme apresentado no mapa na figura 2, que traz a normal climatológica (média histórica) para março.

Figura 2
Normal climatológica (média histórica) de chuvas em março.

Fonte: INMET | CPETEC

Na região Nordeste, por outro lado, destacamos algumas áreas na Bahia, Pernambuco e Paraíba, onde não chove há mais de 10 e 15 dias. 

Figura 3
Número de dias consecutivos sem chuvas no Brasil. Referência: 13 de março de 2019.

Fonte: INMET | CPETEC

Previsão para o curto prazo

Até o dia 22 de março (a contar desde o último dia 14), a previsão é de que as precipitações continuem em grandes volumes no Norte e no Centro-oeste do país.

Estão previstos de 100 a 125 milímetros de chuvas em algumas localidades dos estados dessas regiões.

Já no Centro-sul do país, as chuvas não deverão ultrapassar os 60-70 milímetros no mesmo período, enquanto na região Nordeste estão previstos no máximo 20-30 milímetros.

Figura 4
Previsão de chuvas no Brasil entre os dias 14 e 22 de março de 2019, em milímetros.

Fonte: IGES | COLA

——–

Toda segunda-feira um novo boletim climatológico é publicado às 6h. Não deixe de acompanhar!